Estratégia do comércio para driblar a crise e garantir estabilidade é adiantar as comemorações de fim de ano.

Acompanhando a atual situação econômica do país, na tentativa de driblar a crise, comerciantes e logistas em diversos lugares do Brasil, em especial nos grandes centros, já estão se preparando para o Natal.

Além das tradicionais decorações natalinas e ambientes musicais que envolvem e atraem os consumidores, as ofertas e promoções serão os “chamariscos" nesse fim de ano.

 E não adianta, mesmo com o dinheiro em mãos, os clientes estão mais cautelosos, preparados para um futuro incerto, oque significa que eles estão pesquisando muito primeiro antes de comprar . Além de qualidade tanto nos produtos e no atendimento eles estão de olho naqueles produtos que vestem bem, cabem no bolso. A comissão ao vendedor por cada negócio fechado, sempre estimulou o faturamento de empresas que aderem a gratificação. Bom para funcionários e melhor ainda para os proprietários.

 Porém agora mais do que nunca, o funcionário tem motivos para atender bem o cliente e procurar vender mais. Além de comprometer sua comissão, se as vendas forem mal, o funcionário pode ter seu emprego comprometido.

 A hora é de "laçar" o cliente e convence-lo de que seus produtos e serviços são essenciais, sugerindo-o e cativando-o através de carisma e facilidades. A dica é não deixar para ultima hora afinal, não haverá a ultima hora.

Por Buri Conectado
Estratégia do comércio para driblar a crise e garantir estabilidade é adiantar as comemorações de fim de ano. Estratégia do comércio para driblar a crise e garantir estabilidade é adiantar as comemorações de fim de ano. Reviewed by Buri Conectado on 09:44:00 Rating: 5
Comentários
0 Comentários

Featured Video