FONOAUDIOLOGIA: PAIS SOFREM COM FALTA DE ATENDIMENTO E PREFEITURA MOBILIZA-SE PRA ENCONTRAR PROFISSIONAIS.


Já tem um tempo que alguns pais estão preocupados com a interrupção do tratamento de seus filhos. Isso se deu por conta do recente pedido de exoneração da unica fonoaudióloga que atendia em Buri.

Em contato com o BC na semana passada, uma mãe informou que além de ter tido o tratamento do filho - 04 anos - interrompido, teria sido informada que não poderia solicitar encaminhamento para outra cidade. De mãos atadas ela se desesperou, principalmente porque o filho passou a chorar constantemente por não querer ir à escola, devido a dificuldades para se comunicar e de se entrosar com os coleguinhas.

Dentre os que necessitam de um tratamento contínuo, poucos conseguem assegurá-lo fora de rede pública. É o caso dessa mãe que informou não ter condições financeiras para dar continuidade no tratamento do filho. Diante da situação, tanto ela quanto outras mães nas mesmas condições, torcem para a agilidade do governo municipal, quanto normalização do atendimento.

Na sexta feira (29) nós entramos em contato com o prefeito de Buri e questionamos sobre a falta do atendimento e prazos para o seu restabelecimento. Omar disse que o problema se estende desde que assumiu o governo.

Segundo ele, no início de seu mandato havia apenas uma fonoaudióloga atendendo no município, e que logo, por questões de saúde, ela precisou se afastar. Em 2017 a prefeitura abriu algumas vagas e realizou o concurso, porém apenas três profissionais da área se interessaram. Destes, dois foram convocados seguindo de acordo com Omar, os trâmites e prazos legais, mas não se apresentaram para assumir o cargo.

A terceira e última convocada se apresentou, atendeu segundo o prefeito durante alguns meses e recentemente solicitou exoneração.

Na tentativa de evitar que os pacientes fiquem sem o atendimento o prefeito se propôs a contratar de forma emergencial, um (a) fonoaudiólogo (a) através de 'RPA ' Recibo de Pagamento Autônomo', até que um novo concurso seja aberto. Mas segundo ele, mesmo oferecendo um pagamento acima da média regional, está difícil encontrar profissionais com disponibilidade.

" ... Estamos contratando sem concurso, em caráter emergencial, pagamos acima da média regional e não estamos encontrando profissionais" disse.

Sem uma previsão, o governo vem mobilizando-se até mesmo via redes sociais. Ainda na sexta feira (29) a secretária de saúde Iveline Cariati fez um apelo.

"Procuro profissional Fonoaudiólogo para trabalhar no nosso município. Interessados entrar em contato" publicou.

Nessa segunda feira (01) uma nota foi publicada na página da prefeitura municipal solicitando de forma emergencial um (a) fonoaudiólogo (a).

"A Prefeitura Municipal de Buri comunica a interessados que está contratando profissional de fonoaudiologia em caráter emergencial para atendimento no município. Os interessados deverão entrar em contato com o Departamento Pessoal" [SIC]

Imagem ilustrativa
Por Buri Conectado


FONOAUDIOLOGIA: PAIS SOFREM COM FALTA DE ATENDIMENTO E PREFEITURA MOBILIZA-SE PRA ENCONTRAR PROFISSIONAIS. FONOAUDIOLOGIA: PAIS SOFREM COM FALTA DE ATENDIMENTO E PREFEITURA MOBILIZA-SE PRA ENCONTRAR PROFISSIONAIS. Reviewed by Buri Conectado on 14:23:00 Rating: 5
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Featured Video