Candidatos eliminados em seletiva para o Conselho Tutelar de Buri questionam pontuação.


Eliminados durante etapas seletivas para candidatura ao Conselho Tutelar de Buri 2019 questionaram além de algumas mudanças no decorrer do processo, a pontuação.

As dúvidas surgiram logo no início por conta da derrubada de condições, a exemplo da exigência  da CNH - Lei aprovada na Câmara Municipal de Buri esse ano. Outra questão bastante mencionada foi a exclusão do 'curso preparatório' que era oferecido antes das etapas.

Segundo o coordenador da Comissão Especial Eleitoral José Maria Barros, essas mudanças se deram a partir de decisão da Promotoria por não constarem na Legislação e que o curso mencionado será oferecido após as eleições para conselheiros.

Por conta disso segundo 'Zé Maria' houve um atraso de quinze dias nesse processo, que explica os candidatos de outras cidades já estarem em campanha e Buri ainda não.

Sobre a pontuação, principal objeto de algumas reclamações, o coordenador explicou que por ter havido erro em uma das 25 questões, o resultado obtido pelo candidato foi dividido por 24. Porém entre essas questões cinco valiam dois pontos, outro erro que segundo 'Zé Maria' foi identificado e corrigido através de um recurso emitido por um candidato.

" ... com o recurso do candidato Rogério Veronezi, ele nos alertou para esse erro e nós [Comissão] verificou  que ele tinha razão, foi deferido o recurso dele,  pois eram vinte e cinco questões, vinte com peso 'um' e cinco questões com peso 'dois', então daria 30 e não vinte e cinco. Com uma anulada vinte a nove" disse.

O coordenador disse ainda que a correção precisou ser refeita e que por conta disso foi dado um ponto 'cheio' a todos os candidatos, sem exceção e independente da pontuação. A partir dai foi decidido também pela CEE que notas abaixo da média 'cinco' e acima de 'quatro' seriam aproximadas, conforme técnica de arredondamento ou aproximação.

Ou seja, se o candidato pontou 4,3  sua nota final foi quatro, abaixo da média. Agora se a pontuação do candidato foi de 4,7, com a aproximação ele atingiu a média. Essa explicação responde também a questionamentos como: 'porque algumas pessoas que pontuaram abaixo da média continuaram participando das etapas?'.

Nesse cenário, dos 32 candidatos que se inscreveram 12 poderão concorrer. A eleição para o novo Conselho Tutelar de Buri - composto por cinco pessoas - está prevista para o início de outubro dese ano.

Ouça.




Por Buri Conectado. 



Candidatos eliminados em seletiva para o Conselho Tutelar de Buri questionam pontuação. Candidatos eliminados em seletiva para o Conselho Tutelar de Buri questionam pontuação. Reviewed by Buri Conectado on 17:20:00 Rating: 5
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Featured Video