Ú Fonseca recorre a Polícia após ter problemas com mercadoria.


O empresário e ex prefeito Claudio Romoaldo Ú Fonseca registrou um boletim de ocorrência nessa terça feira (12) contra uma empresa que comercializa produtos de uma grande marca; salsicha, linguiça, carnes diversas e outros. 

Ele disse que é cliente dessa empresa há 03 anos e que notou recentemente (27/04) que a mercadoria apresentava problemas; o peso de um dos produtos (filé de frango) divergia da informação descrita na embalagem lacrada. 

No boletim de ocorrência Ú Fonseca disse que na caixa a informação era de que o conteúdo pesava 8 kg, mas segundo ele tinha 6 pacotes informando pesar 1 kg cada.
 
Ú Fonseca disse ainda que comunicou o vendedor sobre a falha, que ele teria solicitado uma foto para análise dos seus superiores e que chegou a levantar (pelo whatsapp) suspeitas contra os entregadores (a fala consta na ocorrência). 

O empresário declarou a Polícia que fez o teste; incluiu outros 2 pacotes no lugar dos que faltavam, mas segundo ele, não couberam na caixa. Para Ú Fonseca a falha não é de responsabilidade de quem entregou os produtos.

Ele disse ainda que foi informado pelo vendedor que seria ressarcido na próxima compra (em boleto). 

Nessa terça feira por volta das 11h30 chegou a nova mercadoria. Entre os produtos, o que havia dado diferença anteriormente, pedido dessa vez a nível de teste, afinal, o empresário queria tirar das dúvidas.

Ú Fonseca disse ter solicitado a uma funcionária que abrisse a caixa e ao lado de um dos entregadores disse ter constatado novamente a diferença. Seis peças pesando 1 kg cada dentro de uma caixa lacrada informando conter 8 kg. 

O empresário não pensou duas vezes e de imediato se dirigiu até a Delegacia de Buri onde registrou a ocorrência. Os responsáveis pela entrega também foram ouvidos. 

Ainda segundo Ú Fonseca os demais produtos estavam corretos. 

Em resposta ao Buri Conectado o vendedor mencionado por Ú Fonseca disse que o problema ocorreu e que realmente faltaram 2 unidades do produto em uma das embalagens. Disse ainda que diante da reclamação do cliente comunicou o SAC 'Serviço de Atendimento ao Cliente' da empresa sobre o problema e que o lote do produto específico foi bloqueado para análise. 

Após verificado, constatou-se segundo ele, que apenas 1 lote havia apresentado erro, mas que o empresário foi ressarcido em boleto.

Sobre ontem, ele disse que não houve diálogo e que o cliente optou resolver de outra forma. Ele informou que já comunicou novamente seus superiores e abriu procedimento junto ao SAC; que o lote (com o código) já foi bloqueado para uma nova verificação e que seu cliente receberá uma nova caixa com todos os produtos.

Ele negou ter insinuado que entregadores poderiam ter aberto a caixa, conforme informado por Ú Fonseca e que apenas questionou em que condições estavam as embalagem, intactas ou amassadas, rasgadas. 

Ainda segundo o vendedor, são 14 anos trabalhando na empresa e que nunca havia passado por situação similar; que ele, gestora e motoristas sentiram-se chateados frente aos insultos e que o jurídico da empresa foi acionado e já está em posse da cópia do boletim de ocorrência. 
 
Segundo informações, um inquérito policial deve apurar o caso. 

Por Buri Conectado
Ú Fonseca recorre a Polícia após ter problemas com mercadoria. Ú Fonseca recorre a Polícia após ter problemas com mercadoria. Reviewed by Buri Conectado on 20:39:00 Rating: 5
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Featured Video