Festas, visita de parentes e cerimônias religiosas domiciliar podem estar associadas ao aumento da Covid-19 em Buri.


A retomada das atividades em estabelecimentos comerciais não essenciais em Buri, decorrente do avanço regional à fase 2 'laranja' do Plano São Paulo, tem preocupado muita gente. 

O medo é normal, levando em consideração o aumento das notificações positivas, suspeitas e dos óbitos causados pela Covid-19 na cidade.

Mas o setor comercial, pelo menos em Buri, pode ser o menor dos problemas. O que não dispensa claro, as medidas, restrições e os cuidados de combate a disseminação do coronavírus e o seguimento à risca dos decretos. 

Para a Secretaria Municipal de Saúde parte dos casos positivos podem estar associados principalmente a atividades privadas, por exemplo, os chamados 'pagodes' regados a churrasco, bebidas alcoólica e aglomeração; visitas de familiares vindos de outras cidades; cerimônias religiosas domiciliar com agrupamento de pessoas e outros.

Para se chegar nessa percepção foi preciso uma análise delicada nos relatos, já que alguns pacientes resistiram em dar detalhes sobre a 'possível origem' da contaminação.

Sobre os encontros 'clandestinos' em época de isolamento, a Secretaria da Saúde explicou que a responsabilidade é de quem organiza ou participa dessas atividades.

"(...) essas reuniões tem sido muito frequentes, se a população não colaborar, esses números podem aumentar. Depois não adianta culpar a saúde do município, não tem como ficarmos batendo de casa em casa aos finais de semana. As pessoas precisam se responsabilizar pelo que estão fazendo"

Por Buri Conectado










Festas, visita de parentes e cerimônias religiosas domiciliar podem estar associadas ao aumento da Covid-19 em Buri. Festas, visita de parentes e cerimônias religiosas domiciliar podem estar associadas ao aumento da Covid-19 em Buri. Reviewed by Buri Conectado on 23:27:00 Rating: 5
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Featured Video