Denúncia aponta possível superfaturamento na aquisição de câmeras de segurança instaladas na Secretaria da Defesa Social.



O Buri Conectado recebeu uma denúncia de possível superfaturamento na compra de produtos tecnológicos (câmeras e demais itens) que teriam sido instalados recentemente na sede da Secretaria da Defesa Social de Buri.

A denúncia chegou ao BC através de uma pessoa que diz ser servidor público e trabalhar no Paço Municipal.

"Tenho acesso à docs fiscais e gostaria de denunciar uma falcatrua para que seja apurada" [CIC]

Na ocasião foi enviado também um orçamento com o valor de R$ 35.470,00 (trinta e cinco mil quatrocentos e setenta reais) que supostamente teria sido pago pelos produtos.




06 Câmeras Bullet Hikvision - R$ 529,48 cada
03 DVR 04 canais Hikvision - R$ 559,00 cada
03 Roteadores TP Link C60 - R$ 499,00 cada
03 Nobreak Ts Shara Compact X Pro - R$ 681,00 cada
03 Rack Outdoor 8U Fibracem p450 - R$ 891,00 cada

02 Speed Dome Hikvision - R$ 3.399,00 cada
02 Roteadores TP Link C60 - R$ 499,00 cada
02 Nobreak Ts Chara Compact Pro - R$ 841,00 cada
02 Rack Outdoor 8U Fibracem p450 - R$ 891,00 cada

01 NVR Hikvision 32 canais - R$ 9.519,00
01 Nobreak Ts Shara Compact Pro - R$ 841,00
01 Apliter HDMI Divisor 1x8 - R$ 254,00

*Descrição detalhada dos produtos na imagem.

"Estou enviando uma foto da nota que recebemos aqui na prefeitura. Espero que você possa informar a população sobre o que acontece e ninguém sabe. Foi feita a instalação recentemente, basta comparecer ao prédio para constatar" denunciou.

O Buri Conectado esteve na manhã dessa quarta feira (23) na sede da Secretaria da Defesa Social e conversou com o secretário José Maria de Barros

Ele confirmou que foram instaladas recentemente 06 câmeras de segurança nas dependências da Secretaria, mas, disse que a nota enviada ao BC não correspondia a verdade. 





O secretário disse ainda que o valor total pago pelo serviço, incluindo a mão de obra pra instalação, custou R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais). O Buri Conectado teve acesso a essas notas.

Na lista de itens consta; (01) fonte de R$ 100,00, (01) HD 500 GB de R$ 300,00, (06) câmeras totalizando R$ 1.200,00 e cabos e conexões por R$ 200,00.

De acordo com José Maria de Barros, a nota orçamentária enviada ao Buri Conectado corresponde a um processo licitatório, em andamento e sem prazos, para o monitoramento de vias urbanas no município e reforçou que não tem ligação com as instaladas na Secretaria.

O Buri Conectado teve acesso ao Memorando 370/2020 enviado ao prefeito em 11 de setembro pelo secretário, solicitando a abertura do processo licitatório para a instalação de sistema de vídeo monitoramento de segurança nas vias urbanas do município. Nele estava anexado a nota orçamentária, similar a que foi enviada junto com a denúncia.

Para o secretario, ou a pessoa que denunciou confundiu-se, deduzindo que o orçamento do processo licitatório estaria associado às câmeras instaladas na Secretaria da Defesa Social, ou agiu de má fé.

José Maria de Barros disse deduzir sobre autoria da denúncia e frisou que as medidas serão tomadas. 

Foto câmera/ imagem ilustrativa
Por Buri Conectado 


Denúncia aponta possível superfaturamento na aquisição de câmeras de segurança instaladas na Secretaria da Defesa Social. Denúncia aponta possível superfaturamento na aquisição de câmeras de segurança instaladas na Secretaria da Defesa Social. Reviewed by Buri Conectado on 13:45:00 Rating: 5
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Featured Video