SUJEIRA, ODOR, CACHORRO MORTO ENSACADO E FALTA DE ÁGUA E RAÇÃO. PREFEITO FALA SOBRE A DENÚNCIA.


A internauta Daya Leme Oliveira enviou ao Buri Conectado, registros que fez no canil que fica nas dependências do parque ecológico, onde mostram animais - cães e gatos - segundo ela, em estado de precariedade. O registro foi feito enquanto Daya passeava na cidade durante o final de 2018.

Na denúncia ela aponta que o local estava sujo, tomado por fezes e com odor terrível. Ela diz ainda que entre os animais, haviam outros doentes, além de um cachorro morto dentro de um saco plástico.

Ela chegou a entrar no local e abrir o saco plástico. Um vídeo com o cachorro morto dentro dele foi gravado no celular dela e publicado na página do BC. Daya disse ainda que na ocasião não havia água e nem ração nos recipientes dos animais. Em seu relato bastante indignada, ela sugeriu providências e fiscalização.

"Estou de visita em Buri, e hoje fui até o parque ecológico visitar o canil, encontrei uma situação lamentável. Animais doentes com parvovirose, juntamente com outros animais. Os bichos sem água, sem ração, o mal cheiro insuportável, presença de fezes nos canis. Animal morto ensacado, brigas entre os animais, um completo descaso. Onde estão os responsáveis? Cadê a fiscalização e os veterinários que são pagos pela prefeitura? Burienses, está na hora de cobrar das autoridades." [sic]

Após compartilhada pelo Buri Conectado a denúncia ganhou repercussão e deixou os burienses revoltados com as condições mostradas nas fotos e vídeos. Comentários e compartilhamentos mostraram a insatisfação popular e sugeriam providências imediatas.

Nós entramos em contato com o prefeito Omar Chain, para saber quem eram os responsáveis pelos cuidados daqueles animais e quais providências seriam tomadas.

Foto reprodução: Cachorro encontrado morto dentro de um saco plástico. 

O prefeito disse que viu a denúncia e relatou exageros.


"Boa tarde, vi o post e ali existem exageros. Primeiro que os animais têm água limpa e ração a vontade. Os dejetos são características de que estão comendo bem. São recolhidos diariamente e colocados em sacos para coleta que é feita diariamente por veículos da prefeitura (menos aos finais de semana) o canil está operando em sua capacidade máxima Fazemos constantes campanhas de adoções (parque do tubarão) com boa divulgação" disse Omar.

Omar disse ainda que o veterinário responsável pelos animais está de férias e que já fez um contrato de trinta dias com outro profissional para fazer a cobertura desse período. Segundo o prefeito, o secretário Gabriel Ziloc é o responsável direto pelo canil e que tem arquivos e registros de todos animais recolhidos e que apesar da superlotação, os animais feridos estão sendo tratados. 


"O secretário Gabriel Ziloc é o responsável direto e tem Arquivos de todos animais que lá estão recolhidos. Animais feridos são tratados, porém como já disse estamos com superlotação". Disse Omar

O prefeito informou ainda que a promotoria tem relatórios das constantes ações realizadas no canil e que a superlotação se dá devido a falta de consciência da população que não exita em abandonar animais na porta do parque ecológico.  

"... só porque sabem que existe o canil, simplesmente abandonam diversos animais no portão do parque. A situação não melhorará" relatou o prefeito.

Questionado sobre a ONG que teria sido criada especialmente para cuidar das causas animal, Omar disse que a mesma nunca saiu do papel. O prefeito disse que deverá visitar o canil na próxima segunda feira (07) para averiguar as condições do local e dos animais. 

Registro de fezes espalhadas em uma das alas onde ficam os animais. 

Por Buri Conectado
SUJEIRA, ODOR, CACHORRO MORTO ENSACADO E FALTA DE ÁGUA E RAÇÃO. PREFEITO FALA SOBRE A DENÚNCIA. SUJEIRA, ODOR, CACHORRO MORTO ENSACADO E FALTA DE ÁGUA E RAÇÃO. PREFEITO FALA SOBRE A DENÚNCIA. Reviewed by Buri Conectado on 18:41:00 Rating: 5
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Featured Video