Buri capital das lombadas que não atendem a resolução do CONTRAN.


Não dá pra saber ao certo quem colocou mais lombadas na cidade, se foi o ex prefeito Ú Fonseca ao longo dos sete anos de governo ou Omar Chain em pouco mais de três.

Observamos que de uns anos pra cá foram surgindo incontáveis 'quebra molas', tartarugas, etc, para alegria de uns e descontentamento de outros.

Só pra sair ou entrar em Buri pela Avenida Pascoal Spaluto o motorista passa por 'DEZ' lombadas e o detalhe é que elas não são como deveriam ser, 'padronizadas'.

Em Buri tem da alta, tem da baixa, tem da grossa, tem da fina só não tem da correta. São vários tamanhos e comprimentos que demonstram estar longe das normas.

[As lombadas estão regulamentadas pela Resolução nº 600/2016 do Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN. A lombada do Tipo A deve ter de 8 a 10 cm de altura e 3,70 m de comprimento, enquanto a do Tipo B deve ter de 6 a 8 cm de altura e 1,5 m de comprimento. Em ambos os casos a largura é igual à da pista].

Em conversa com o Comandante da Guarda Civil Municipal de Buri Rodrigo Mariano nós questionamos a necessidade de tantas lombadas e o porque a maioria não está de acordo com as normas do CONTRAN.

Segundo o Comte. Rodrigo essa disparidade já vem de outros governos e que toda normatização é passada a prefeitura, que pode contratar uma empresa terceirizada ou utilizar seus próprios funcionários para construí-las. Ele informou ainda que as atuais estão sendo construídas dentro ou mais próximas do padrão.

Mas, se observamos as mais recentes construídas no novo acesso (Centro e Jd. Mariazinha) paralelo ao córrego Tijuco Preto, além das recém colocadas na Didi Nogueira, podemos afirmar que continuam fora da resolução.

Sobre os critérios para se colocar uma lombada o Comte. da GCM disse que é preciso que o pedido seja protocolado junto ao Departamento Municipal de Trânsito (DEMUTRAN) que avalia as necessidades. Ele disse também que alguns casos foram parar na Promotoria de Justiça, incluindo pedidos sem necessidades.

"... é protocolado através de requerimento solicitando por exemplo, fulano quer uma lombada perto da sua casa por que acha que veículos  passam muito rápido e podem causar um acidente, principalmente perto de criança, o requerimento chega aqui, é passado pelo Departamento de Trânsito, eles vão até o local verificar se há ou não necessidade. Se fosse pra fazer lombada pela quantidade de pedidos que vem, sairia uma lombada por dia" disse o Comte. Rodrigo

As passagens elevadas para pedestres [que muitos chamam de lombadas quadradas] bastante comum em Buri especialmente na extensão da Cel Licínio parecem estar desalinhadas as normas. Sobre disparidade na altura entre elas, varia de acordo com a altura da calçada, conforme a resolução 738/2018. Porém com relação a sua largura, devem ter no mínimo 5.0m e no máximo 7.0m e garantir as condições de drenagem superficial.

Sobre a possibilidade de padronização dessas lombadas e também das passarelas de pedestres elevadas, o Comte. informou que o secretário de defesa social e responsável pelo DEMUTRAN Tenente José Maria vem cobrando da Secretaria de Obras.

Imagem Ilustrativa
Por Buri Conectado

Buri capital das lombadas que não atendem a resolução do CONTRAN. Buri capital das lombadas que não atendem a resolução do CONTRAN. Reviewed by Buri Conectado on 20:40:00 Rating: 5
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Featured Video