Decreto que prevê a retomada provisória do comercio pode ser revogado se medidas de segurança forem desprezadas. Saiba quais são elas.


O decreto municipal 27/2020 de 30 de março de 2020 que estipula a reabertura de setores do comércio tidos como 'não essenciais' a partir dessa terça feira (31) trás algumas recomendações que se não observadas pelos empresários e consumidores, poderá contribuir para a revogação do mesmo.

Aliado a essas recomendações, o Buri Conectado trás algumas dicas de como evitar o contágio do vírus.

1- Empreendimentos grandes, devem priorizar uma só entrada para maior controle de seus consumidores, a fim de evitar aglomeração. O ambiente deve estar bem ventilado, arejado e é importante um distanciamento de pelo menos 1 metro. Evitar apertos de mão, abraços ou beijo no rosto.

2- Todos os estabelecimentos devem disponibilizar álcool em gel a seus clientes e se atentar 'de tempo em tempo' quanto a higienização e desinfetação do ambiente (balcão, maçanetas, corrimão, pilares, produtos e tudo que possa ser tocado pelo consumidor. Funcionários devem manter a higienização das mãos há todo momento especialmente após manusear dinheiro em espécie e em caso de sintomas de gripe ou febre, devem ser dispensados imediatamente do trabalho.

3- Máquinas de cartão de crédito e débito devem ser desinfetadas com álcool em gel a cada novo uso.

4- Qualquer produto, mesmo os alimentos (frutas, legumes, verduras) devem ser muito bem lavados antes do consumo. Produtos embalados (arroz, feijão, enlatados, caixas de leite, etc) também devem ser higienizados pelo consumidor assim que chegar em casa. Antes disso é recomendável que deixem roupas e sapatos do lado de fora 'para lavar', tomem um banho e mantenham as mãos sempre limpas.

5- Idosos e crianças devem ser preservados portanto recomenda-se que familiares os auxiliem oferecendo-se para prestação de serviços (compras de alimento, produtos ou medicamentos, serviços bancários se possível e outros).

6- Se o estabelecimento comercial estiver com um número significativo de clientes, volte outra hora ou procure por outro que esteja tranquilo e vazio. Em caso de supermercados, lotérica, caixas automáticos ou outros, mantenha a distância segura.

O decreto municipal prevê a garantia dos empregos em Buri, bem como orienta a população das ações necessárias para evitar o contágio pelo coronavírus e outras doenças. Ele entra em vigor amanhã e deve se estender até 11 de abril, podendo ser revogado em caso de desordem.

A Guarda Civil Municipal fiscalizará a movimentação do comércio. Através da folha de pagamento dos servidores municipais será injetado nos próximos dias R$ 2 milhões e meio de reais, segundo o prefeito. A 'ACIAB' Associação Comercial de Buri e Clube do Comércio lembra da importância de manter esse dinheiro circulando na cidade.

Por Buri Conectado


Decreto que prevê a retomada provisória do comercio pode ser revogado se medidas de segurança forem desprezadas. Saiba quais são elas. Decreto que prevê a retomada provisória do comercio pode ser revogado se medidas de segurança forem desprezadas. Saiba quais são elas. Reviewed by Buri Conectado on 17:19:00 Rating: 5
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Featured Video