Câmara Municipal concede ao Engenheiro Florestal Luis Uchoa cidadania buriense.


 
A Câmara Municipal de Buri aprovou durante a última sessão ordinária da 17ª Legislatura o título de cidadania buriense ao engenheiro florestal Luis Antonio Cordeiro Uchoa pelos relevantes serviços prestados ao município.

Seu primeiro contato com a cidade foi em 1980 quando chefiou o Posto de Controle e Fiscalização POCOF instalado na floresta nacional de Capão Bonito que faz divisa com Buri. Nessa época o escritório localizava-se no território buriense e cobria 25 municípios desde Avaré até Eldorado Paulista no Vale do Ribeira.

No final da década de 80 o escritório do já IBAMA foi transferido para o município de Capão Bonito onde funcionou até primeira década do atual milênio. 'Luisinho do IBAMA' como é popularmente conhecido passou a intercalar entre as cidades, porém, manteve residencia em Buri.

Ao Buri Conectado ele relatou sobre o trabalho realizado nesse período e a grande repercussão de um de seus feitos que lhes renderam convites.

"acredito que sei trabalhar em equipe pois a faculdade não me preparou para cargos de chefia e administração. Todos os cargos que ocupei fui convidado e nunca solicitei à conhecidos em Brasília ou à políticos. Inclusive fui convidado para ser diretor em Irati (PR) em função da minha administração na Flona de Capão Bonito. Fiz licitação para resinagem e durante cinco anos a floresta foi a que mais arrecadou dividendos para Brasília e mesmo não estando mais lá o trabalho repercutia no Brasil" disse Uchoa.

Já aposentado o engenheiro florestal mantém preocupação com o ICMbio. Recentemente ele denunciou o abandono e as possíveis consequências à floresta nacional e solicitou ao poder público e setor privado intervenção nos cuidados com a floresta para evitar um desastre ecológico.

"Sabemos que a Flona de Capão Bonito tem plano de manejo. No momento ela precisa de um " Plano Emergencial " e pelo conhecimento que tenho sobre a legislação com relação a bens públicos, este plano de interferir na floresta para salvá - lá com certeza terá que ter o aval do Congresso Nacional e talvez do Supremo. Não se salva o patrimônio da União e nem a fauna do estado de São Paulo se não houver um plano emergencial" disse

Além dessa, Luis Uchoa também defende bandeiras como a LGBTQI+. Ele já participou e inclusive levou integrantes do movimento para marchar em atos pela criminalização da homofobia e contra o preconceito em Brasília (DF) e São Paulo.

Por Buri Conectado
Câmara Municipal concede ao Engenheiro Florestal Luis Uchoa cidadania buriense. Câmara Municipal concede ao Engenheiro Florestal Luis Uchoa cidadania buriense. Reviewed by Buri Conectado on 18:56:00 Rating: 5
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Featured Video