EXCLUSIVO| Secretaria de Saúde fala sobre os critérios e o período ideal para os testes da Covid-19.


Parte I - O Buri Conectado teve acesso com exclusividade nessa segunda feira (13) à informações sobre o desempenho do Comitê de Enfrentamento a Covid-19, bem como dos profissionais de saúde de Buri desde o início da pandemia e o investimento aplicado até agora. 

Através dessas informações a Secretaria de Saúde prevê esclarecer algumas dúvidas da população, a começar pelos critérios estabelecidos pelo Governo Estadual quanto aos testes rápidos, que foram enviados à Buri aproximadamente um mês e meio após a primeira notificação suspeita da doença. 

Enquanto isso eram realizados testes RT-PCR, que detecta a presença do RNA do vírus SARS-CoV-2 em amostra obtida por meio de swab (cotonete) na mucosa nasofaringe (nariz e garganta), segundo especialistas da saúde, o mais adequado para a detecção do vírus.

O Instituto Adolfo Lutz se sobrecarregou inicialmente e por conta da grande demanda, alguns resultados levaram até 30 dias para ficar prontos. A partir dos testes rápidos a 'agonia' da longa espera foi superada, porém, foram estabelecidos alguns critérios para realizá-los.

Na época esses testes foram recomendados à pessoas que apresentaram todos os sintomas e que haviam viajado para áreas de risco, a exemplo da capital São Paulo, outros estados ou exterior. Mais adiante os testes alcançaram também os profissionais de saúde, gestantes, profissionais da área de segurança e moradores de instituições fechadas. Há mais ou menos trinta dias os testes passaram a ser feitos também em idosos, hipertensos, diabéticos e pessoas que apresentam comorbidades ou seja, mais de uma doença ao mesmo tempo.

A Secretaria de Saúde explicou que, por ser o Estado responsável pelo custeio desses exames é ele quem determina as regras. Ao município cabe apenas colher as amostras, enviar ao laboratório credenciado e seguir as recomendações.

Até aqui, de acordo com a SMS, já foram realizados em Buri 187 testes. Destes, 131 RT-PCR e 56 testes rápidos. 

Além dos critérios sobre quem pode realizá-los, há normas laboratoriais que definem o período adequado; isso porquê fora dele o resultado pode não ser preciso.

O período ideal para o teste RT-PCR (swab) é entre o 3º e 7º dia após os primeiros sintomas. Já para o teste rápido é entre o 12º e 14º dia. 

Daí a explicação de algumas notificações positivas surgirem repentinamente nos boletins e da mesma forma migrarem para a lista de curados. Afinal, no segundo caso a pessoas já terá superado a quarentena (14 dias).

A SMS informou também que o investimento no setor aproximou-se dos R$ 200 mil. Foram adquiridos novos (EPI) Equipamentos de Proteção Individual, o que até aqui assegurou que nenhum profissional da saúde, inclusive os que atuam na linha de frente contra a Covid-19, tenha contraído a doença. 

A ala específica para pacientes com a Covid-19 dispõe 01 sala de urgência e emergência, 01 monitor adquirido recentemente e 01 respirador. 

No geral são 04 monitores, 04 respiradores, mais a UTI móvel a disposição de quem precisar do Pronto Atendimento.

Imagem arquivo BC
Por Buri Conectado

EXCLUSIVO| Secretaria de Saúde fala sobre os critérios e o período ideal para os testes da Covid-19. EXCLUSIVO| Secretaria de Saúde fala sobre os critérios e o período ideal para os testes da Covid-19. Reviewed by Buri Conectado on 21:52:00 Rating: 5
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Featured Video