Alunos da rede municipal de ensino devem retornar às aulas presenciais a partir da próxima semana em Buri.




Para receber os alunos a partir de terça feira (26), unidades escolares da rede municipal de ensino foram equipadas com materiais de consumo para o cumprimento dos protocolos sanitários, entre eles, tapetes sanitizantes, termômetros infravermelhos, álcoois em gel, lixeiras com pedal, dispenser para papel toalha, dispenser para sabonete líquido, pulverizador, entre outros.

Além da parte estrutural, funcionários e professores participaram de uma capacitação realizada em novembro pela empresa Workseg sobre protocolos sanitários durante a pandemia. Os conteúdos abordados foram: 1. Conceito de higiene e saúde; 2. Comunicação; 3. Distanciamento; 4. Orientações sobre higiene pessoal – cuidados com o vestuário, higiene corporal, saúde bucal, alimentação; 5. Manutenção da saúde e higiene no ambiente de trabalho; 6. Forma de contágio; 7. Sintomas; 8. Como se proteger; 9. EPIs – (não utilização, consequências e responsabilidades); 10. Isolamento; 11. Procedimento em caso de contágio.

Devem retornar às aulas presenciais no 'sistema rodizio' alunos de creches, pré-escolas, do ensino fundamental e do (EJA) Ensino de Jovens e Adultos da rede municipal.

A secretária de educação Barbara Patriarca garante que o ambiente escolar é o mais seguro aos estudantes nesse momento, porém, enfatizou que é necessário o cumprimento de todas as medidas para garantir a segurança. A secretária disse que a decisão é baseada em levantamentos, análises e pesquisas científicas.

Os alunos das creches, pré-escolas e do ensino fundamental 1 terão suas turmas divididas em dois grupos que serão definidos pelos números na lista de chamada - entre pares e ímpares. Nesse caso o revezamento será diário, ou seja, num dia deverão ir às aulas alunos ímpares, enquanto no outro apenas os estudantes de números pares. Já aos alunos do fundamental 2 o revezamento será semanal. 

Nos dois casos os pais deverão ficar atentos aos comunicados nos grupos de whatsapp e facebook da escola ou entrar em contato pelo telefone para obter informações.

De acordo com a Secretaria de Educação, durante o sistema misto o aluno que não estiver em sala de aula presencialmente, deverá participar de forma remota e que as atividades serão as mesmas a todos.

"A ideia é de fazer um “sistema misto” no início, até para que possamos trabalhar a devida conscientização com a comunidade, com os estudantes, com os familiares e com a própria escola até esta se acomodar com a situação, que eu diria, inédita, o retorno às aulas com uma pandemia ainda em curso", disse Bárbara.

Ainda segundo Barbara Patriarca, o sistema de revezamento deverá proporcionar o distanciamento necessário em sala de aula. O uso da máscara será obrigatório aos alunos e professores.

(...) será distribuído um kit com cinco máscaras reutilizáveis para cada aluno, funcionário e professor. Além disso, todas as crianças e adultos que sentirem sintomas gripais ou febre devem ficar em casa e procurar um médico" disse.

Apesar de todos os cuidados desde a chegada do aluno à escola, como aferição de temperatura, medidas sanitárias aplicadas em sala de aula, durante as refeições, das adequações das aulas de educação física, entre outras, os pais que não se sentirem seguros de enviar seus filhos à escola poderão mantê-los no sistema remoto, similar ao que ocorreu em 2020. Porém, deverão manter o compromisso de buscar e entregar as atividades remotas e de estar em constante contato com a escola.

Imagem ilustrativa
Por Buri Conectado



 


Alunos da rede municipal de ensino devem retornar às aulas presenciais a partir da próxima semana em Buri. Alunos da rede municipal de ensino devem retornar às aulas presenciais a partir da próxima semana em Buri. Reviewed by Buri Conectado on 22:32:00 Rating: 5
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário

Featured Video